.

18.9.11

Nas margens de mim (das cartas que não enviei)

Foto por FranciscoFlor

Para Nanda, com carinho.

O mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer.
- José Saramago

Sim, eu entendo que toda vida deve acabar, enquanto nos sentimos ou/e sentamos sozinhos, eu sei que algum dia nós também devemos ir... Pensa; Eu sou um homem de sorte, por contar em ambas as mãos às pessoas que amo porque algumas pessoas só têm umas, outras, não têm nenhuma. E tenho tanto sorte. Tanto mesmo. Vale a cada punhado dessa gente. Lembra-me o trecho de uma música do Teatro MágicoDe qualquer maneira parte em mim diz valer a pena ser assim, que no fundo é simples ser feliz, difícil é ser tão simples, difícil é ser tão simples, difícil mesmo é ser

-
* Tive vontade de escreve pra Nanda ou foi ela queria escreve pra mim... Não sei, mas ta aí.
*Apenas um trecho de um texto que fiz pra ela.
* Das cartas que não enviei.
-

Nas Margens de Mim - O Teatro Mágico e Leoni

30 comentários:

Jéssica Reis disse...

Que lindo texto :)

Carla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Crisneive Silveira disse...

A sorte que nos é destinada na vida é perceber por quem e para quem vivemos. Isso é que vale a pena...

Alê disse...

Que lindeza de texto, coroado com parceria com Teatro... =)


bjkas

Tati Lemos disse...

Menino, quanta saudade de ti e do teu blog.

Achei lindo o que escreveste ai e a frase do Saramago.

Beeijos querido!

Lonne disse...

A saudade é a dor da ausência. Silva Lobato

Lindo texto querido. ♥

Hermann disse...

Curti o BLOG carinha!
Seguindo...


http://plumitivoledor.blogspot.com/

Artes e escritas disse...

Bonito e sensível. Um abraço, Yayá.

Márcia Azevedo disse...

Lendo seu texto a me vieram duas palavras na cabeça: a primeira foi "desapego" pq tudo na vida passa até mesmo a própria vida... e a outra palavra foi "valorizar"! É muito bom dar valor ao que se tem... a vida, aos amigos, a familia, ao trabalho... acho que essas duas palavras juntas tornam a vida mais simples e muito mais feliz!Belo texto amigo!^^

Miriam disse...

Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena.

Dielma/ disse...

É, Chico...como dizem por aí, prá que simplificar se podemos complicar? As coisas simples, geralmente são as mais importantes, mas dificilmente damos valor à elas.
Bjo, amigo! ;)

♥MáH♥ disse...

Uma linda carta, seria esta.
Também tenho inúmeras cartas que não mando e vez ou outra publico no blog.
rss

Bjinhos Chico =*

Anônimo disse...

Bem vindo ao Grupo Blogosfera
Adorei aqui, Já fiquei!

Te espero no Blog Michele Santti
http://michelesantti.blogspot.com/

Twitter
@MicheleSantti

Zil Mar disse...

adorei seu texto....muito!


saudades...


beijo



Zil

Jéssica Reis disse...

Obrigada :)

Renata Diniz disse...

Chico. Bacana. José Saramago é sempre impressionante. Fico a pensar se na arte se pode tudo ou se é na vida que se pode tudo. Muito obrigada pela visita. Meu abraço!

Karla Thayse Mendes disse...

Lindo...

Natália Rocha disse...

Que lindo!

E nunca foi tão difícil ser, mas tenho sorte apesar de.

um beeijo*

Laís Pâmela disse...

Oi Chico,
Estou seguindo seu blog, eu adorei, sua escrita é linda.
Beijo.

Fernanda. disse...

Que possamos aproveitar ao máximo essa vida que seria um desperdício deixa-la seja de qualquer forma. Beijos

Tati Lemos disse...

aah menino chico, que saudades, obrigado pela visita meu querido.


Beijos.

Li disse...

Amei tudo...blog, foto, texto, música.Fico feliz por você ter compartilhado. Abraços Li : )

*Simone Poesias* disse...

Bonito texto!
É bom ter esse sentimento de que tudo vale a pena e que vale a pena viver.
Gostei muito!!
Bjoss XD

MARILENE disse...

Cartas assim proporcionam um grande prazer a quem lê. Muito bom seu texto!

Bjs.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Que lindo o texto!O mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer.
- José Saramago.
Gostei muito do seu blog, e ja estou seguindo. Convido a conhecer meu blog e seguir-me se gostares. Um abraço!
Smareis

Tati Lemos disse...

Ta e ai? to esperando a próxima postagem.


Beeijo guri, saudades cadê tu?

Tati Lemos disse...

Passando pra um beijoo!

♥MáH♥ disse...

Passando por aqui atrás de atualizações, me toquei de onde eu tirei o título do meu último post, mesmo que inconscientemente.
O título é " Das cartas que você nunca lerá"
Seu texto deve ter me servido de inspiração! rsrsrs

Gisele Braga disse...

Olá, vim aqui agradecer sua
visitinha no meu blog passei um bom tempo
sem entrar, me desculpa a demora!
Obrigada pelo carinho, fico feliz pelas palavras!
Beijos e fique com Deus*

Claudinha Santos disse...

Belíssimo texto, profundamente encantador.

Bjs
Att

Postar um comentário